Blog

Adiron Consultores: inspirando resultados

28 set

Como conduzir a sua empresa para o presente

nascimento

É bem provável que você tenha estranhado o título acima. Geralmente as pessoas estão procurando caminhos que a levem ao futuro da forma menos dolorosa e mais bem-sucedida possível.

A questão é que o futuro já chegou e muitas empresas ainda não se deram conta disso. Atoladas em um oceano de palavras da moda, acreditam que o mundo digital ainda é um espaço de ficção científica habitados por nerds e millenials.

Enquanto isso, empresas concorrentes, muitas das quais nem existiam na última década, estão levando embora seus clientes.

O ano era 1988. Recebi um convite para uma palestra sobre marketing business-to-business e, como trabalhava numa empresa que vendia para esse mercado, fui assistir.

Era o José Augusto Nascimento, patrocinado pela Dun&Bradstreet, na época dirigida pelo James Finger, falando sobre geração de leads de vendas através de uma coisa chamada “marketing direto integrado”.

Um marketing que media tudo. Essa era a minha praia. Nado nela até hoje, com todos os apelidos que ganhou durante o tempo: database marketing, marketing de relacionamento, CRM, marketing de performance, data-driven.

O grande ativo que permitia que pudéssemos fazer um marketing direcionado, relevante para cada segmento de consumo e com resultados totalmente mensurável, eram os dados que possuíamos dos nossos clientes e prospects.

Mesmo com informação bastante pobre comparada aos dias de hoje, conseguíamos impulsionar significativamente os negócios das empresas nas quais e para as quais trabalhávamos.

Nosso ecossistema atual é digital. E digital significa que tudo que está à nossa volta está sendo convertido em dados: som, imagens, frases soltas, movimento de pessoas, informação capturada por sensores e por robôs.

Inclusive os nossos bons e úteis dados estruturados (cadastros, transações, respostas de campanha, navegação na internet).

Todo negócio virou um negócio de dados. Só um plano de ação para o uso dos dados, pode gerar ações efetivas para seus negócios.

Segundo uma pesquisa da MIT Sloan Management Review e Deloitte de 2015 as empresas digitais maduras estão focadas em integrar suas fontes de dados para transformar a forma como seus negócios funcionam, enquanto as empresas que ainda não amadureceram se perdem resolvendo problemas localizados, ou seja, apagando os focos de incêndio.

Se você entende que está na hora de começar a amadurecer para garantir a existência futura da sua empresa, está na hora de conversarmos.

Nossa proposta é a de rever ou construir sua presença digital, a partir dos pilares estratégicos do seu negócio.

Serão esses pilares que definirão sua estratégia de dados, e essa que definirá sua atuação tática para conquistar, rentabilizar e manter clientes.

Fora disse, como diria Hamlet: “o resto é silêncio”.

Deixe uma resposta