Blog

Adiron Consultores: inspirando resultados

15 out

Educação nos olhos dos outros é refresco

Job-training

Uma matéria de “O Estado de São Paulo” de setembro passado, apontava que 68% dos executivos brasileiros diziam ter dificuldades para contratar pessoal qualificado.

O estudo realizado pela McKinsey também mostrava que esse número era muito maior nas nossas plagas do que em outros países sul-americanos.

Os efeitos dessa realidade apontam para situações críticas, seja do lado dos candidatos a emprego que demoram cada vez mais para se recolocar, mas também das empresas que precisam contratar a custos cada vez maiores.

Por outro lado, conversando com pessoas de instituições de ensino voltadas para negócios, sou informado que cada vez menos as empresas investem na qualificação dos seus profissionais.

O que reforça minha tese de que o Brasil é o país dos paradoxos insolúveis:

  • Eu não encontro pessoal qualificado, mas também não estou disposto a qualificar os que estão dentro de casa.
  • Eu quero diminuir os custos de turn-over mas prefiro ficar contratando gente nova continuamente.
  • Eu quero profissionais com altíssima qualificação a preço de banana, ainda que eles tenham investido muito neles mesmos.
  • Eu reclamo da educação do país, mas espero que ela caia do céu.

Claro, existem boas e raras exceções. Não por acaso vindas de empresas que são líderes dos seus mercados e com balanços muito positivos. Não, não é coincidência.

No dia em que muitos publicam mensagens laudatórias aos professores, não seria melhor repensar seus conceitos sobre educação dentro da sua empresa?

Deixe uma resposta